segunda-feira, 11 de abril de 2011

Depressa e bem

Já sentia saudades de aqui deixar uma palavrinha doce e umas fotos a corresponder. Estar de dieta tem destas coisas... Tive de reduzir... nos bolos que faço e, sobretudo, naqueles que como... Mas com alguma pena.

Contudo, não vou deixar de "pasteleirar" enquanto tiver família e amigos gulosos. E, nesse caso, ainda tenho muito que cozinhar!

Este fim de semana já cheirava a Primavera a sério. O sol queimava e só a brisa fresca nos trouxe conforto e ânimo. Andava com imensa vontade de repetir este bolo, que faço com alguma frequência mas que nunca tinha fotografado para publicar. É um bolo que fica sempre bem, mesmo sem o trabalho de recheio e decoração. A receita está no site da Vaqueiro e o bolo é mesmo uma delícia. Usei para o recheio uns limões sicilianos (daqueles com a casca grossa) que me deram e que são perfeitos no aroma e no paladar, da polpa até à casca!


BOLO RÁPIDO DE CÔCO

COM CURD DE LIMÃO




Bolo

200 g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó
50 g de côco ralado
150 g de açúcar
2 ovos
2 dl de néctar de pêssego ou alperce
1 dl de natas
125 g de margarina derretida

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Numa tigela juntar a farinha, o fermento em pó, o côco ralado e o açúcar. Misturar tudo e fazer um buraco no meio. Numa outra tigela, bater os ovos e misturar o néctar, as natas e a manteiga. Verter esta mistura no centro da farinha e mexer bem até incorporar todos os ingredientes.
Este bolo pode ser feito em forma redonda com ou sem buraco. Eu usei sem buraco, forrada com papel vegetal.
Verter a massa na forma e levar ao forno durante cerca de 35 - 40 minutos. 
Desenformar e deixar arrefecer.


Curd de Limão

3 ovos
3 limões
60 g de manteiga
225 g de açúcar
1 colher de sobremesa de amido de milho

Numa caçarola, colocar o açúcar, a raspa e o sumo dos limões e a manteiga. Levar a lume brando até derreter a manteiga. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco. 
Numa taça, bater bem os ovos e coar para a caçarola. Mexer bem e levar de novo ao lume. Mexer até engrossar. Se não alcançar a consistência pretendida (creme), diluir o amido de milho numa colher de sopa de água e juntar ao curd. Mexer até atingir a consistência desejada. 

Fiz o curd com alguns dias de antecedência e guardei num frasco esterilizado, no frigorífico. Pode usar-se no recheio de bolos, de bolachas ou como cobertura. É delicioso!


Montagem

Depois de frio, cortar o bolo em três rodelas. Colocar a primeira no prato de servir e regar com um pouco de leite. Cobrir com curd. Colocar a segunda rodela de bolo sobre a primeira e repetir os passos anteriores. Terminar com a terceira rodela e espalhar uma fina camada de curd em toda a superfície do bolo. Cobrir com côco ralado e decorar a gosto. Usei bolinhas prateadas.

É um bolo delicioso mesmo sem o recheio. Vale a pena experimentar!






1 comentário:

  1. Nem deu para provar !! Vôou logo para outras bandas :(.

    ResponderEliminar